PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA

noticias

PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA

O prefeito André Português provocou reunião, no Palácio Guanabara, para que as três entidades participem do projeto da Maria Fumaça.





PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA
PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA

Data : 20/06/2019 13:11 | Cidade:Miguel Pereira | Cliques : 2938 | Secao:noticias

A ansiedade de quem quer reviver a era dos trilhos está com os dias contados: Miguel Pereira terá de volta sua Maria Fumaça. Na sua primeira fase de implantação do projeto Turístico, a Maria Fumaça fará o trajeto Miguel Pereira – Governador Portela – Miguel Pereira, com 5 vagões de passageiros (um temático). 
O Projeto da Maria Fumaça vem reavivar a história de colonização e expansão da região quando o trem chegou em março de 1898 trazendo desenvolvimento e crescimento econômico à região.

Desenvolvimento econômico

Hoje, o trem não transportará o café, que abasteceu o mundo, e nem o minério que era exportado passando por Miguel Pereira, mas esse projeto visa promover diversos setores econômicos da cidade, como o comércio e a hotelaria, que se dividiram entre o desejo, a esperança, a dúvida e a descrença desde 1995, quando o trem turístico deixou de circular. Muitos boatos de que o trem voltaria chegaram a circular na cidade, mas é na gestão do prefeito André Português que realmente ele entrará nos trilhos.

Reações da população

Miguel Campos, organizador do Movimento Pró Trem Turístico em Miguel Pereira, diz que “O projeto colocará nossa região de volta no cenário turístico, evitando o esvaziamento econômico e o empobrecimento municipal”. 
Já para Carlos Frederico Castello Branco, o Calico, a questão da volta do trem, “Além de ser gerador de trabalho e renda para a população, traz de volta a autoestima necessária aos cidadãos miguelenses”.
Para o presidente do CEMP – Centro Empresarial de Miguel Pereira, Felipe Fraga, “O trem turístico é fundamental para o projeto turístico de Miguel Pereira. Ele trará emprego e renda para moradores, comerciantes, hoteleiros e donos de restaurantes, não só de Miguel Pereira como de toda a região. Acabará também com a favelização do leito da ferrovia imposta pelo abandono”.

Previsão de início e a parceria

A previsão é que o 1º Trem Turístico do estado do Rio de Janeiro entrará em operação ainda esse ano no aniversário do município, em 25/10. A parceria entre a Prefeitura de Miguel Pereira e a Federação do Comércio - Fecomércio, dona da locomotiva que fará o percurso, foi firmada no gabinete do governador Wilson Witzel entre o prefeito André Português e o presidente da Fecomércio do Rio de Janeiro Antônio Florêncio de Queiroz.

1ª Etapa do Projeto

Na primeira etapa do projeto do Trem Turístico, ele fará o percurso de 9 km entre as estações Portela – Miguel Pereira – Portela, cortando toda a cidade e fazendo reviver os áureos tempos onde 75% do café consumido no mundo era exportado via Miguel Pereira. O tempo de deslocamento do passeio será em torno de uma hora com vagão restaurante, um vagão específico para eventos e outro com acessibilidade para pessoas com deficiência.

Horários e funcionamento

O Trem Turístico será temático, com equipe com roupas de época, e no primeiro momento funcionará nos fins de semana e feriados, com três horários no sábado e um deles será noturno, revivendo as viagens durante a madrugada. Todo o percurso tem 9 km e nele poderá ser aprendido muito sobre a colonização da região e a cultura local.

Será uma forma diferente de estudar

O caminho inteiro com a Maria Fumaça será animado e divertido. Em cada vagão terá um funcionário que age como guia, te alerta das paisagens e te dá todas as informações necessárias para deixar o passeio melhor ainda. Acontecerão diversas apresentações, como teatro, contador de histórias, músicos e diversos outros artistas, sempre ligados à história do Vale do Café, seus barões, sua expansão e declínio na proclamação da República e abolição da escravidão. 
Será uma forma diferente de estudar a história da região. A ideia é que o passageiro mergulhe na história em um trem que esbanja a cultura do Vale do Café com muito canto, muita dança e muita encenação teatral.

A busca pela Maria Fumaça

Segundo o prefeito André Português, “Foram muitas reuniões, contatos e viagens em busca de uma Maria Fumaça para o nosso município; andamos muito e agora conseguimos graças à parceria com o Fecomércio/Sesc, que está disponibilizando uma das 6 unidades (Maria Fumaça) e vagões que eles têm parados e colocando em um projeto de desenvolvimento econômico do estado, que vai gerar emprego, renda e qualidade de vida a toda nossa região e preservar a cultura e a história da estrada de ferro na região. O governador Wilson Witzel foi positivo e garantiu que vem inaugurar nossa Maria Fumaça”, conta o prefeito. André Português desabafou: “Nunca aceitei o projeto de revitalização da ferrovia com uma litorina, nossa história sempre foi com a Maria Fumaça. Desde que assumi, busquei uma Maria Fumaça para atender a história e a tradição de Miguel Pereira”, concluiu o prefeito.

Gestão da Maria Fumaça Turística

A gestão será feita por uma PPP - Parceria Público Privada, que será licitada pela prefeitura. A empresa ganhadora será a responsável pela colocação do 3º trilho para a Maria Fumaça, que é bitola e estreita. Segundo o prefeito André Português, “Após o lançamento do projeto da Maria Fumaça no Palácio Guanabara como o governador Wilson Witzel, a prefeitura recebeu uma infinidade de consultas sobre o edital, manifestando interesse em participar”.


Conheça a história

1882

A Estrada de Ferro Melhoramentos do Brasil foi fundada pelos engenheiros André Gustavo Paulo de Frontin, Francisco Bicalho e Conrado Niemeyer, entre outros engenheiros e membros do Governo Provincial.
O ramal ferroviário surgiu após contratos assinados no Rio de Janeiro em 15 de março de 1882 entre o Governo da Província Fluminense e a direção da Estrada de Ferro Melhoramentos do Brasil, graças a uma determinação direta do Imperador D. Pedro II. 

1898

Em março de 1898, o trem chega a Barreiros, hoje Miguel Pereira, e, em seguida, Portela se torna o maior entroncamento ferroviário dessa região.

1986

A velha e admirada Maria Fumaça circulou pela malha ferroviária de Miguel Pereira como Trem Turístico do ano de 1986 até ser aposentada em face de problemas conjunturais e econômicos alegados pela direção da Rede Ferroviária Federal S.A. 

1993 a 1995

Por sua vez, entre 1993 e 1995, a empresa Montemar Turismo, após investir milhares de dólares na reforma de vagões e trilhos, fez circular entre Conrado e Miguel Pereira o chamado Trem Azul, promovendo viagens que, semanalmente, atraíam para nossa terra centenas de turistas e levas de saudosos ex-ferroviários.




PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA
PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA
PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA
PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA
PREFEITO ANDRÉ PORTUGUÊS, GOVERNADOR E PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO GARANTEM MARIA FUMAÇA EM MIGUEL PEREIRA




























Rua Dr. Osório de Almeida, 52 Governador Portela - Miguel Pereira-RJ (24) 2484-6155 | (24) 98111-0534 | falecom@jornalserranews.com.br


© Copyright 2019 | Jornal Serra News OnLine

DESENVOLVIDO POR :
www.riobrasil.net - www.riobrasil.com.br -